A Rede Brincar é um espaço para pessoas comprometidas com a defesa do direito de brincar!

Facebook

Membros

Apoiadores

 

Parceiros

Fotos

Carregando...
  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Badge

Carregando...

A IMPORTÂNCIA DO BRINCAR PARA CRIANÇA COM SÍNDROME DOWN

Se você me tocar com delicadeza,

Se olhar para mim e sorrir,

Se conversar comigo e me ouvir,

Vou crescer, crescer de verdade.

Anônimo 

Uma criança com síndrome de Down  tem todo direito de brincar. A brincadeira é uma ferramenta para o desenvolvimento cognitivo, motor, social e afetivo do individuo. Quando a criança brinca ela aprende respeitar combinados, compartilhar ideias,  elaborar e desenvolver conceitos. Por meio de uma brincadeira você pode estimular varias áreas do desenvolvimento infantil que encontra-se
defasado, essa brincadeira passa a ter um foco terapêutico e de desenvolvimento de potencialidades. A criança Down muitas vezes precisa de intervenção e adaptação nas atividades , porém, sempre  visando oportunizar  vivências lúdicas para que essa criança possa aprimorar e desenvolver novas habilidades em seu desenvolvimento.  A síndrome apresenta atraso na linguagem, dificuldade na socialização, atraso cognitivo e pode ser classificada como leve, severa e  moderada.  

Exemplos de brincadeiras para trabalhar:

Brincadeiras Cantadas: História da Serpente e Músicas Infantis

Essa brincadeira visa desenvolver na criança habilidades psicomotoras, noções corporais, repertório simbólico e estimula a linguagem oral e expressiva. Crianças com down tem dificuldade nos conceito corporais ( lateralidade, equilíbrio etc), por isso a importância das brincadeiras citadas.

Jogos com Regras

O jogo é fundamental para estimular a compreensão das regras, a organização do pensamento frente aos conflitos e inibir a ansiedade e agitação psicomotora. Vale a pena reforçar que o Down tem condições para executar o jogo, o mediador precisa observar se a exigência está de acordo com nível de desenvolvimento, levando a criança a pensar, resolver os conflitos, ter iniciativa, autonomia, tirando da zona de conforto e direcionando-a à construção de um repertório lúdico rico.

 Brincar de Faz-de-conta 

A brincadeira simbólica é um rico instrumento para desenvolver a imaginação, a criatividade, ampliar o repertório simbólico, oportunizando experiências lúdicas.

 Procurei dar algumas dicas e direcionamento para trabalhos direcionados a crianças com síndrome de Down, que embora traga a criança algumas limitações, ´´e considerada uma das síndromes mais brandas, oportunizando ao indivíduo a uma qualidade de vida e de integração total à sociedade, desde que a mesma seja estimulada de forma correta e direcionada. A maior limitação com que os downs tem que lidar é com preconceito e a falta de informação. Cabe a nós educadores mostrar a sociedade o potencial e o quão capazes eles são. A brincadeira é uma excelente ferramenta para trazer à tona todo o potencial de uma criança com síndrome de down.

Thaisa Garais

Pedagoga

 

 

 

 

 

Exibições: 1894

Comentário de Daniele Zebini em 15 agosto 2012 às 17:13

Oi, Thaisa, tudo bem?

Sou jornalista, trabalho na Editora Globo, e estou fazendo uma matéria sobre a importância do brincar para o desenvolvimento das crianças. Você toparia me dar uma entrevista? Pode ser por e-mail ou por telefone, o que for melhor para você.

Se topar, você pode me enviar os seus contatos no e-mail dzebini.colaborador@edglobo.com.br?

Obrigada.

Um abraço,

Daniele.

Comentário de Thaisa Rafaela Garais em 15 agosto 2012 às 20:35

Olá Daniele! 

Vai ser um prazer, estarei encaminhado para o seu email os meus contatos. 

Abraços, Thaisa 

Comentar

Você precisa ser um membro de Rede Brincar para adicionar comentários!

Entrar em Rede Brincar

© 2014   Criado por Tiago Amaral.

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço